5 dicas para deixar sua casa com personalidade

Por Ramon Dias.

Dificilmente conhecemos alguém totalmente satisfeito com o próprio lar. Sempre há algo novo para se fazer, uma parede para pintar ou um móvel novo para sala, quem sabe até uma mudança radical em todos os cômodos da casa? Isso acontece porque nós mudamos sempre! Nossos gostos, nossas inspirações, nosso jeito de ver a vida é impactado pelas nossas experiências de vida e isso sem falar das tendências que surgem todos os anos.

Esses desejos de mudança, bem como a busca por um lar mais confortável e com a nossa personalidade é completamente normal e faz parte de quem somos, porém a vontade é barrada muitas vezes em dois fatores: falta de tempo para tirar todas as ideias do papel e recursos financeiros para bancar um projeto mais ousado, no entanto após o início da quarentena vimos nossos amigos compartilhando pinturas nas paredes do quarto ou sala, fazendo objetos de decoração com as próprias mãos, uma infinidade de habilidades foram descobertas. Pequenas mudanças já podem render grande impacto visual, há muitas tintas especiais e novidades que facilitaram esse processo de minirreforma. Foi possível organizar melhor o tempo e deixar de procrastinar as mudanças. Quanto à parte financeira, os famosos “Faça você mesmo” (DIY) também bombaram e o que não falta nas redes sociais são dicas de decoração cada vez mais baratas e simples de aplicar. Durante a pandemia, buscas por “como fazer” aumentaram 1000% nos buscadores de pesquisa online! Muitas pessoas começaram a procurar por pequenas reformas para deixar a casa mais funcional, mas se você ainda não começou e tem suas dúvidas do que fazer em casa, aqui vão mais algumas dicas:

1 – ANOTE AS SUAS IDEIAS
Durante o dia é comum ter diversas ideias ou notar vários detalhes que gostaríamos de mudar na nossa casa, mas essas inspirações estão soltas no ar, ou melhor, soltas em nossa mente! Portando o ideal é organizá-las para que assim seja possível analisar o que podemos fazer, o que precisamos para realizar e até mesmo o que é inviável.
O primeiro passo para isso é anotar tudo que vier de ideias ou inspirações, seja qual for o momento. Faça uma lista no bloco de notas do seu celular ou mesmo um grupo só pra você no Whatsapp e envie ali no mesmo momento que vier aquele pensamento, não precisa refletir muito no momento, apenas anote.

2 – ORGANIZE AS SUAS IDEIAS
Depois de anotar tudo, tire um momento durante a semana (de preferência um dia de folga, com a cabeça mais descansada e com tempo disponível) e organize. Primeiro veja o que é possível fazer e busque referências. Aqui a dica é fazer uma pasta no Pinterest, nessa rede social você encontra milhares de projetos para se inspirar e com as fotos fica mais fácil visualizar se ficaria bom ou não na sua casa. Claro que não dá para fazer tudo ao mesmo tempo, então o momento da organização de ideias é ideal para “jogar fora” o que ainda não é possível realizar.

3 – DEFINA UM TEMA PARA SUA DECORAÇÃO
Definir um tema para a decoração da sua casa faz com que ela tenha uma harmonia maior entre ambientes e até mesmo possa contar uma história! Seja através de uma planta no seu quarto que seja típica da sua cidade, um quadro retratando a realidade local, uma peça de artesanato, tudo isso nos conta uma história e mostra conexão com o contexto que vivemos. Foi pensando nessa conexão entre o lar e a cultura de onde vivemos, que as arquitetas Louise Rosendo e Nanda Pacheco se inspiraram para desenvolver o decorado digital do Residencial Vale dos Vinhedos.

O Residencial Vale dos Vinhedos fica localizado na capital Sergipana, e foi levando em consideração todo o contexto histórico e cultural da cidade e do estado, que Louise e Nanda desenvolveram todo o projeto e proporcionaram um ambiente culturalmente rico e conectado com Aracaju. Desde o quarto do casal utilizando materiais naturais, como palhinha e madeira, além das referências da xilogravura e do cordel nos detalhes, na cozinha com objetos do artesanato local ou mesmo na varanda com o ilustre cobogó compondo o ambiente.

Portanto, não tenha medo de trazer uma história para dentro do seu lar, isso dá mais personalidade e charme para sua casa e ajuda a sua família a ter laços, criar memórias e apego com a própria casa.

4 – MÃOS NA MASSA!
Ideias e inspirações organizadas? Tema definido? É hora de fazer acontecer! Escolha o dia mais livre possível para se dedicar e se possível envolva toda a família no processo, assim vocês se ajudam, matam o tédio de ficar em casa por um longo período e podem desfrutar de um tempo de qualidade juntos!

Não precisa fazer tudo de uma vez, nem mesmo é necessária uma super reforma logo de cara. Para começar escolha apenas uma parede da casa, em seguida dê aquela boa revisada na pastinha do Pinterest e de acordo com o tema escolhido (ou mesmo que não tenha optado por apenas um tema, confira suas inspirações) selecione a cor e use sua criatividade!

Lembra que falamos no item 2 sobre como as arquitetas Louise Rosendo e Nanda Pacheco se inspiraram na história de Aracaju para desenvolver o projeto do decorado digital do Residencial Vale dos Vinhedos? Assim como elas você pode escolher detalhes que contem sua história ou mesmo que remetam à cultura local e apostar em itens relacionados a isso, seja em destaque ou valorizando os detalhes. Podem ser vasos, quadros, ilustrações, objetos que você já tenha em casa há um tempo (confere aquelas caixas escondidas, coisas esquecidas no fundo daquele armário), o importante aqui é expressar os seus gostos e enriquecer culturalmente o seu lar.

5 – COMPARTILHE SUAS IDEIAS
Não tenha vergonha de mostrar seus feitos! Grave o processo de transformação da sua casa, poste nas redes sociais, envie nos grupos e assim você se motiva a continuar, além de inspirar outras pessoas a transformarem seus lares em locais com personalidade e mais confortáveis. Nada de ter vergonha! Com certeza tem muita gente que vai se inspirar em você e quem sabe a foto da sua minirreforma vai marcar presença na pastinha do Pinterest de alguém?

Ficou curioso para ver o decorado digital do Residencial Vale dos Vinhedos e entender melhor as referências trazidas pelas arquitetas Louise Rosendo e Nanda Pacheco? CLIQUE AQUI!

Esperamos que nossas dicas ajudem você a dar sua cara para o seu lar! Siga nosso perfil no Instagram e acompanhe nossas publicações!

Receba nosso conteúdo no seu e-mail